Saiba os motivos que levam a poupança render menos em 2017

Com os constantes cortes nas taxas de juros que também reduzem a Selic – taxa básica de juros, as cadernetas de poupança em todo o país passaram a render 70% da Selic incluindo a taxa de referência TR – Taxa Referencial.

Em 2012 foi criado um parâmetro que define juros baixos como um fator de baixo retorno para as cadernetas de poupança. Ou seja, toda a vez que o governo estabelecer corte de juros no Brasil, isso irá refletir nos rendimentos das cadernetas de poupança com rendimentos menores ao mês.

O Copom – Comitê de Política Monetária do BC – Banco Central, passou a estabelecer em 2017 uma sequência de corte nas taxas de juros a fim de controlar a inflação. Neste momento a Selic está em 8,25% ao ano. Isso significa que a TR está em 5,77%, sendo que antes desse 8º corte nos juros realizado pelo governo no início de setembro de 2017, a TR estava em 6,17%.

Esse novo parâmetro criado em 2012 que derruba os rendimentos da poupança, foi criado propositalmente no governo de Dilma Rousseff com o intuito de tornar a poupança menos atrativa para os investidores em período de juros baixos. Levando em conta que a poupança já é livre de IR – Imposto de Renda, o governo procura assim estimular outras formas de investimentos, como o Tesouro Direto.

Mesmo com baixo rendimento após as constantes mudanças no cenário de cortes de juros, os especialistas em economia defendem que os investimentos nas cadernetas de poupança ainda são viáveis e seguros. Segundo Reinaldo Domingos, representante do Dinheiro à Vista, investir na poupança continua sendo uma boa opção, levando em conta que você ainda estará livre de IR e outras taxas administrativas cobrada por corretoras em outras formas de investimentos.

Os especialistas em investimentos dizem que as pessoas não devem apenas focar os rendimentos, e sim todo o contexto que engloba os riscos, as taxas administrativas ao longo do investimento e no caso da poupança, as pessoas poderão sacar parte ou a totalidade deste investimento a qualquer instante.

Reinaldo também diz que para as pessoas que não pretendem movimentar esse dinheiro investido nos próximos 10 anos, os investimentos no Tesouro Direto, Fundo de Investimentos, CDB, Título do Tesouro e a compra de ouro, são superiores a poupança em termos de rendimento no final da operação.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *