Luiz Carlos Trabuco Cappi informa sobre a criação da área direcionada aos clientes de alta renda do Bradesco

Nos últimos anos, o Banco Bradesco tem reforçado a atenção nos seus clientes de alta renda. Primeiramente, a instituição adquiriu as contas do HSBC no Brasil, o que trouxe mais correntistas que se encaixam nessa categoria, e agora, o banco decidiu desenvolver uma área específica para cuidar do relacionamento e dos novos negócios feitos com os clientes de alta renda na Diretoria Executiva.

O responsável por esse projeto é o profissional Guilherme Muller Leal, que até então possuía o cargo de Diretor Executivo da área Corporate, que cuida das grandes empresas. Enquanto para substituí-lo como diretor de Corporate, o escolhido foi o executivo Bruno Melo Boetger, que ocupava anteriormente a função de Diretor do Departamento de Câmbio.

Luiz Carlos Trabuco Cappi, o presidente do Bradesco, declarou em nota enviada a imprensa que, o intuito dessa estratégia adotada é fortalecer cada vez mais o atendimento dessa parcela de correntistas que apresentam uma considerável perspectiva de alta para os próximos anos no país.

De acordo com Luiz Carlos Trabuco Cappi, em um período de dez anos, a história do segmento bancário do Brasil tera uma participação cada vez mais importante dos correntistas de alta renda. O executivo destacou ainda que fatores como a estabilidade econômica e o crescimento previsto para a economia já nos próximos anos são algumas das razões que levaram o banco a adotar essa decisão estratégica.

Guilherme Muller Leal já possui quase 20 anos de carreira dentro do Bradesco, sendo formado em Economia, com especialização em finanças corporativas na PUC-RJ, e em programas internacionais para executivos na Wharton School. Já Bruno Melo Boetger, por sua vez, trabalha na instituição há mais de 10 anos e exercerá pela primeira vez um cargo de diretoria executiva. Ele é formado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas e possui mestrado em Finanças feito na Universidade Cornell.

Segundo Luiz Carlos Trabuco Cappi, essas mudanças têm o objetivo de fortalecer as experiências e enriquecer a carreira dos executivos que fazem parte do quadro corporativo sa instituição. A meta do banco, de acordo com ele, é formar um grupo de líderes com capacidades variadas na gestão bancária.

Luiz Carlos Trabuco Cappi assumiu a função de presidente da instituição bancária em 2009, após uma longa jornada de quatro décadas trabalhando na empresa, na qual ele entrou no ano de 1969. Formado no curso de Filosofia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), o executivo cresceu de forma orgânica pela hierarquia interna do banco, tendo passado por diversas funções, como a de presidente do setor de seguros, por exemplo.

Desde o momento em que alcançou o cargo de comando máximo da instituição, Trabuco i teve que enfrentar inúmeros desafios na função, como a compra das contas do HSBC em 2015, que se caracterizou como o maior processo de fusão entre bancos da história do país, com negociações que atingiram o valor de US$ 5,2 bilhões. Já nos últimos tempos, um dos maiores desafios do executivo é a digitalização dos serviços do banco, a qual tem sido feita progressivamente, em conjunto com melhorias no atendimento e na estrutura das agências.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *