Descubra como guerras comerciais podem devastar a economia de um país!

É natural que todo governante pense primeiro em seu próprio país, e que busque seus interesses. Mas é necessário que esses interesses sejam protegidos de maneiras que não causem atritos. Atritos estes que podem se transformar em graves problemas para a economia de uma nação.

Quando um país proibi a importação de um determinado produto, ou cria tarifas que deixam essa operação mais cara, ele abre precedente para que outro país, que foi afetado por suas barreiras, também crie dificuldades para a importação de seus produtos, o que provavelmente causará problemas para algum setor da indústria ou da agricultura.

Incentivar a indústria nacional é importante, mas isso deve ser feito a partir da capacitação do povo, e de mudanças e reformas que deixem o ambiente de negócios mais propício no país.

A partir do momento que uma guerra comercial acontece, e países começam a dificultar cada vez mais as importações, inúmeras empresas, que contavam com esses mercados, começam a ter prejuízos e podem até mesmo fechar suas portas. O que reduziria drasticamente a arrecadação de impostos e aumentaria muito o número de desempregados.

Além disso, pessoas recorrem a produtos importados quando eles são mais baratos do que os nacionais. Tornar esses produtos mais caros significa forçar a população a gastar mais, o que reduz seu poder de compra. Ao invés disso, seria mais interessante verificar o que torna a produção nacional mais cara e procurar torná-la mais barata.

A partir do momento que a produção de um país se torna mais eficiente, ele passa a se preocupar menos com a concorrência do exterior. Ao invés disso, o país começa a oferecer seus produtos a outros povos e a lucrar mais com exportações.

E por isso, pelos motivos que foram apresentados, que guerras comerciais são tão danosas para a economia de um país e devem ser evitadas a todo custo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *