Apple dá alerta sobre previsão trimestral de vendas

Quem é que não gosta de comprar algo novinho na loja? Mas nem sempre as economias pessoais permitem isso. Uma estudante chinesa da cidade de Xangai, Xu Yechuyi, estava entre uma das compradoras que desejavam comprar um novo iPhone, mas não pelo valor que é vendido. A melhor maneira de conseguir o seu novo aparelho foi entrando em contato com uma pessoa que estava vendendo, mas com três anos de uso.

O aparelho comprado foi o iPhone 6S e acabou saindo por menos de um terço do que custaria em uma loja da marca Apple. Xu, a jovem chinesa de 22 anos está dentro de uma parcela de pessoas que preferem meios alternativos de compra, como alguém que esteja vendendo o aparelho usado por causa do alto valor dos dispositivos. Os compradores ainda que gastem com os produtos da Apple, não estão mais diretamente dando mais lucro à Apple. A necessidade de produtos de segunda mão está crescendo a cada dia mais.

Além da venda de aparelhos de segunda mão, a empresa da maçã precisa saber como se sair bem em um mercado altamente competitivo como a China. Existem fabricantes chineses de aparelhos que estão no mercado com um valor mais acessível como a Vivo, Huawei e a Oppo.

Os tempos de notícias não tão boas para a Apple chegaram depois de um bom desempenho que ajudou a empresa a chegar em lucros recordes. Foi no ano passado que a Apple começou a perceber que nem tudo são flores, o lançamento do aparelho mais caro da marca, pelo valor de US$ 1,3 mil, aconteceu no mesmo momento em que o mercado teve uma desaceleração da economia e consequentemente da venda de smartphones.

Devido ao resultado que deixou a desejar das vendas na China, Tim Cook, presidente executivo da Apple, decidiu na quarta-feira, 2, cortar a previsão trimestral de vendas do iPhone, o que deixa o mercado curioso e em atenção porque desde 2007 esse alerta não era feito, quando o iPhone foi lançado.

O mercado chinês é o principal motivo para a queda nas vendas do aparelho, o que não estava previsto para a empresa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *